NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
Conheça as decisões da liminar
Conheça as decisões da liminar
Convênio médico com atendimento gratuito
Convênio médico com atendimento gratuito
Associados do SAAEMG e seus dependentes contam com atendimento médico gratuito na rede de clínicas Dr.Agora
Bolsas de Estudos - 2020
Bolsas de Estudos - 2020
Pedidos deverão ser feitos no sindicato a partir de abril
Plano de saúde Unimed para a categoria
Plano de saúde Unimed para a categoria
Fale com um consultor agora
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:

    Notícias

    20/09/2019
    Dia Nacional de Lutas

    Na manhã desta sexta-feira (20) - Dia Nacional de Paralisações e Manifestações em Defesa do Meio Ambiente, Direitos, Educação, Emprego e contra a Reforma da Previdência - movimentos sociais, estudantis e de trabalhadores foram para as ruas de Belo Horizonte. O Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Minas Gerais (SAAEMG) também participou e foi representado pelos diretores José Aloísio Dias, Cristiane Soares, Anderson Silva e José Geraldo Vieira.  

    Clique aqui e veja as fotos

    A presidenta da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Minas Gerais (CTB-MG) - entidade que o SAAEMG é filiado - Valéria Morato também compareceu e chamou a atenção da população para a “reforma” da Previdência.

    “O senador mais votado de Minas Gerais na última eleição, Carlos Viana (PSD), foi apoiado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD). O prefeito precisa intervir para que senador não vote contra os trabalhadores e trabalhadoras”, disse ela em frente à Prefeitura da capital.

    De lá, os manifestantes seguiram rumo ao escritório do senador Carlos Viana (PSD) que fica no Edifício Mirafiori (Rua dos Guajajaras). Em frente ao prédio, os manifestantes avisaram que se o parlamentar aprovar o atual texto da reforma, ele não será reeleito nas próximas eleições. Além de Viana (PSD), o Estado tem mais dois senadores: Antonio Anastasia (PSDB) e Rodrigo Pacheco (PMDB).

    A “reforma” da Previdência já foi aprovada pelos deputados Federais e agora o texto está sendo analisado pelos senadores. A reforma prejudica todos os trabalhadores, principalmente os mais pobres.  O tempo de contribuição para conseguir a aposentadoria por idade, por exemplo, aumentou. Enquanto isso, o Governo Federal ignora R$ 430 bilhões de dívidas das grandes empresas com a Previdência Social. Entre os maiores devedores estão o Frigorífico JBS e os Bancos Bradesco e Itaú.

    Emprego

    Outro grave problema brasileiro, o desemprego, também foi lembrando durante a manifestação. Segundo o IBGE, 12,6 milhões de pessoas estão desempregadas no país.

    Meio Ambiente

    No Brasil, as queimadas e os desmatamentos também avançam. Segundo o instituto de pesquisa Imazon, houve um crescimento de 66% no desmatamento na chamada Amazônia Legal no mês de julho de 2019.

    Educação

    A educação é a área mais afetada pelos cortes do Governo de Jair Bolsonaro (PSL). A pasta perdeu R$ 5,84 bilhões, que corresponde a 18,81% dos R$ 31 bilhões cortados até agora de 28 áreas, conforme um estudo do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc).

    Leia também:

    Empresas devem mais de R$ 1 trilhão à Previdência

    "Reforma" da Previdência prejudica trabalhadores de todos os setoresComo a reforma da Previdência de Bolsonaro afeta as mulheres brasileiras

    Em nota, CNBB cita Papa Francisco e diz que reforma da Previdência deve ser duramente denunciada

    Reforma da Previdência dificulta aposentadoria e rebaixa benefícios

    Saiba quais os deputados Federais de Minas Gerais que estão contra o seu direito de se aposentar

    Câmara aprova texto-base da reforma da previdência por 370 votos a 124

    Câmara aprova reforma da Previdência. Luta agora é no Senado

    Como é se aposentar no Chile, o 1º país a privatizar sua previdência

    Assista:

    Clique aqui e assista o vídeo produzido pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (ANFIP) sobre a farsa do chamado “rombo” da Previdência

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200