Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:
Não ao projeto “Escola da Mordaça”
Não ao projeto “Escola da Mordaça”
O SAAEMG solidariza-se com todos que foram agredidos nas dependências da Câmara Municipal de Belo Horizonte
Eles votaram contra a sua aposentadoria
Eles votaram contra a sua aposentadoria
A "Reforma da Previdência aumenta o tempo de contribuição para conseguir a aposentadoria. Saiba quais foram os deputados que traíram o povo
SAAEMG oferece atendimento médico gratuito
SAAEMG oferece atendimento médico gratuito
A categoria tem atendimento em várias especialidades como clínica médica, cardiologia, pediatria, nutrição e fonoaudiologia
Previna-se contra o câncer de mama
Previna-se contra o câncer de mama
Este mês serve de alerta sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama
"Lei da Mordaça"
Colégio Loyola, em Belo Horizonte, censura professora por texto crítico a Bolsonaro
A importância de ser sindicalizado
A importância de ser sindicalizado
Além dos direitos previstos na Convenção Coletiva, vale lembrar também os diversos benefícios oferecidos pelo SAAEMG
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Atenção, estabelecimentos particulares de ensino para o informe do sindicato
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento

    Notícias

    04/10/2019
    Qualidade do ensino da UFMG é confirmada pelo Enade
    por Assessoria de Imprensa da UFMG

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), apresentou na manhã desta sexta-feira, 4, os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2018. Dos 12 cursos de graduação da UFMG avaliados nesta edição do Exame, oito receberam nota máxima, 5, e outros quatro obtiveram nota 4.

    “Podemos afirmar, com certeza, que 100% dos cursos da UFMG avaliados apresentaram resultado de muito bom a excelente. Mais uma vez, o Enade atesta a excelência do ensino ofertado pela instituição”, explica a diretora de Avaliação Institucional da UFMG, Viviane Santos Birchal.

    O Enade é resultado da aplicação das provas aos estudantes dos cursos de graduação das instituições de ensino superior brasileiras. Todos os alunos dos semestres iniciais e finais dos cursos selecionados prestam o exame. O conceito é resultante do desempenho dos alunos de graduação na prova, que contém questões de formação geral e componentes específicos de cada curso. As médias obtidas pelos alunos são padronizadas, de acordo com a média brasileira e o desvio-padrão, em conceitos que vão de 1 a 5. O conceito 3 é atribuído aos cursos que estão na média ou próximos a ela, 1 e 2 aos que estão abaixo, e 4 e 5 aos que estão acima.

    A reitora Sandra Regina Goulart Almeida comemorou o resultado do Enade. “É muito bom constatar que estamos aparecendo sistematicamente bem posicionados em diversos instrumentos de avaliação acadêmica do ensino superior. O resultado do Enade 2018 atesta o cuidado especial que a UFMG tem com o ensino de graduação e confirma o compromisso de nossa instituição com a qualidade do ensino no Brasil. Seguramente, os resultados que temos alcançado são decorrentes da indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão, dimensões fundamentais para a formação dos nossos estudantes”, afirma a reitora.

    Análise rigorosa

    Foram avaliados com nota 5 os cursos de Administração (campus Pampulha), Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Direito, Psicologia e Turismo. Os cursos de Administração (ICA/Montes Claros), Design, Gestão Pública e Relações Econômicas Internacionais obtiveram nota 4. Na comparação com a edição de 2015, quando o mesmo grupo de cursos foi avaliado, seis dos 11 cursos obtiveram melhora na nota. O curso de Gestão Pública não participou da edição de 2015.

    “Mesmo alcançando ótimos patamares, esses resultados devem ser avaliados por Colegiados, Núcleos Docentes Estruturantes e Comissão Própria de Avaliação para percepção dos aspectos positivos e do que precisa ser melhorado. Os resultados representam importante instrumento de avaliação externa de nossos cursos”, afirma Viviane Birchal.

    O Inep divulgou também o Índice de Diferença de Desempenho (IDD), que busca comparar os resultados do Enade, realizado pelos concluintes dos cursos de graduação, com os resultados desses mesmos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), obtendo-se uma medida do valor agregado pelo curso ao desenvolvimento do estudante. Instituições de alta concorrência no Sisu, como a UFMG, cujos candidatos precisam ter notas bastante elevadas para serem aprovados, tendem a obter IDD menor que o Conceito Enade, uma vez que é difícil melhorar ainda mais o próprio desempenho.

    CPC e IGC

    O Inep deve divulgar em novembro o Conceito Preliminar de Curso (CPC). Este indicador é composto pelo Conceito Enade, IDD e os resultados da Avaliação do Corpo Docente e do Questionário do Estudante.

    Também será divulgado o Índice Geral de Cursos (IGC), composto pela média dos CPCs e conceitos da pós-graduação, avaliados pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ponderados pela proporção de número de alunos avaliados em cada nível (graduação, mestrado e doutorado). A UFMG vem alcançando o conceito máximo, 5, desde que o IGC começou a ser calculado, em 2007, e está entre as universidades mais bem avaliadas do país. Além disso, a UFMG também recebeu o Conceito Institucional (CI) máximo, igual a 5, no processo de recredenciamento que ocorreu em 2017.

    Leia também:

    SAAEMG participa de manifestação contra os cortes na educação promovidos pelo Governo Bolsonaro

    Cortes do MEC deixam estudantes da UFU sem investimento e trabalhadores sem emprego

    Brasil: Cortes na educação e saúde, além de desemprego em massa

    É preciso que todos mobilizem-se contra os cortes na educação", afirma Frei Betto

    Por Reforma da Previdência, educação perde quase R$ 1 bi

    Governo bloqueia mais de R$ 348 milhões da educação 

    Educação é a área com maior desaprovação no Governo Bolsonaro

    Governo corta repasse para educação básica e esvazia programas

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200