Participe da Campanha Salarial 2020/2021
Participe da Campanha Salarial 2020/2021
Serão 10 assembleias. Veja abaixo as datas e os locais dos encontros. Compareça e faça valer os seus direitos. Juntos, somos mais fortes!
Novembro Negro
Novembro Negro
Por que mês da Consciência Negra e não da Consciência Humana?
Saúde gratuita para associados e dependentes
Saúde gratuita para associados e dependentes
Associados do SAAEMG e seus dependentes contam com atendimento médico gratuito na rede de clínicas Dr.Agora
Educação
Educação
Pela primeira vez, negros são maioria no ensino superior público
A importância de ser sindicalizado
A importância de ser sindicalizado
Além dos direitos previstos na Convenção Coletiva, vale lembrar também os diversos benefícios oferecidos pelo SAAEMG
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Atenção, estabelecimentos particulares de ensino para o informe do sindicato
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:

    Notícias

    18/10/2019
    Mães e pais de alunos dos colégios Loyola e Santo Agostinho farão ato pela liberdade de ensino
    por SJPMG*

    Pais e mães de alunos dos colégios Santo Agostinho e Loyola, em Belo Horizonte, farão um ato pela liberdade de ensino nessas instituições na próxima terça-feira, 22/10, a partir das 17h. Eles estão preocupados com a onda de conservadorismo e querem expressar seu respeito e admiração pelos professores dos dois colégios, bem como defender a liberdade docente. Querem também manifestar sua confiança na competência dos professores para, com seu seu trabalho diário, colaborar na formação dos alunos como cidadãos éticos, com espírito crítico e defensores da justiça social.

    A passeata sairá do Colégio Santo Agostinho central e terminará com um abraço no Colégio Loyola.

    A ideia de fazer um ato em conjunto surgir a partir de dois episódios envolvendo os colégios. No Santo Agostinho, a demissão inesperada de uma professora de religião incomodou um grupo de pais e mães. No Loyola, a motivação veio da anulação de uma prova de Português que continha um texto de Gregório Duvivier. Alguns pais pressionaram a direção do colégio, que, em uma decisão unilateral, anulou a prova.

    Pais e mães de ambos os colégios se juntaram para organizar o ato de terça-feira. A proposta é que pais, mães, alunos e ex-alunos das instituições caminhem do Colégio Santo Agostinho Central, carregando faixas e cartazes, e terminem a passeata no Colégio Loyola. Ali, haverá a leitura de uma carta aos professores, entrega de rosas e abraço simbólico ao colégio.

    Programação

    17h – concentração Colégio Santo Agostinho central (Avenida Amazonas)

    17h30 – caminhada até o Colégio Loyola (Avenida do Contorno)

    18h30 – leitura de carta, entrega de flores a Santo Inácio e abraço simbólico no Colégio Loyola

    Leia também:

    Colégio Loyola, em Belo Horizonte, censura professora por texto crítico a Bolsonaro

    SAAEMG repudia lei "Escola da Mordaça"

    MPF diz à Câmara dos Vereadores de BH que "Escola sem Partido" é inconstitucional

    Presidente da FESAAEMG comemora decisão do STF que suspende a “Lei da Mordaça”

    Manual de Defesa contra a Censura nas Escolas

    Nota em repúdio à perseguição de professores

    A utopia contra a escola racista, excludente e com partido

    A educação deve estar na fronteira da resistência democrática no país

    Adiada votação do Escola sem Partido no STF

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200