NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
Conheça as decisões da liminar
Conheça as decisões da liminar
Convênio médico com atendimento gratuito
Convênio médico com atendimento gratuito
Associados do SAAEMG e seus dependentes contam com atendimento médico gratuito na rede de clínicas Dr.Agora
Bolsas de Estudos - 2020
Bolsas de Estudos - 2020
Pedidos deverão ser feitos no sindicato a partir de abril
Plano de saúde Unimed para a categoria
Plano de saúde Unimed para a categoria
Fale com um consultor agora
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:

    Notícias

    18/10/2019
    Mães e pais de alunos dos colégios Loyola e Santo Agostinho farão ato pela liberdade de ensino
    por SJPMG*

    Pais e mães de alunos dos colégios Santo Agostinho e Loyola, em Belo Horizonte, farão um ato pela liberdade de ensino nessas instituições na próxima terça-feira, 22/10, a partir das 17h. Eles estão preocupados com a onda de conservadorismo e querem expressar seu respeito e admiração pelos professores dos dois colégios, bem como defender a liberdade docente. Querem também manifestar sua confiança na competência dos professores para, com seu seu trabalho diário, colaborar na formação dos alunos como cidadãos éticos, com espírito crítico e defensores da justiça social.

    A passeata sairá do Colégio Santo Agostinho central e terminará com um abraço no Colégio Loyola.

    A ideia de fazer um ato em conjunto surgir a partir de dois episódios envolvendo os colégios. No Santo Agostinho, a demissão inesperada de uma professora de religião incomodou um grupo de pais e mães. No Loyola, a motivação veio da anulação de uma prova de Português que continha um texto de Gregório Duvivier. Alguns pais pressionaram a direção do colégio, que, em uma decisão unilateral, anulou a prova.

    Pais e mães de ambos os colégios se juntaram para organizar o ato de terça-feira. A proposta é que pais, mães, alunos e ex-alunos das instituições caminhem do Colégio Santo Agostinho Central, carregando faixas e cartazes, e terminem a passeata no Colégio Loyola. Ali, haverá a leitura de uma carta aos professores, entrega de rosas e abraço simbólico ao colégio.

    Programação

    17h – concentração Colégio Santo Agostinho central (Avenida Amazonas)

    17h30 – caminhada até o Colégio Loyola (Avenida do Contorno)

    18h30 – leitura de carta, entrega de flores a Santo Inácio e abraço simbólico no Colégio Loyola

    Leia também:

    Colégio Loyola, em Belo Horizonte, censura professora por texto crítico a Bolsonaro

    SAAEMG repudia lei "Escola da Mordaça"

    MPF diz à Câmara dos Vereadores de BH que "Escola sem Partido" é inconstitucional

    Presidente da FESAAEMG comemora decisão do STF que suspende a “Lei da Mordaça”

    Manual de Defesa contra a Censura nas Escolas

    Nota em repúdio à perseguição de professores

    A utopia contra a escola racista, excludente e com partido

    A educação deve estar na fronteira da resistência democrática no país

    Adiada votação do Escola sem Partido no STF

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200