Saúde gratuita para associados e dependentes
Saúde gratuita para associados e dependentes
Associados do SAAEMG e seus dependentes contam com atendimento médico gratuito na rede de clínicas Dr.Agora
Campanha Salarial
Campanha Salarial
Categoria aprova a pauta da Campanha Salarial 2020-2022
A importância de ser sindicalizado
A importância de ser sindicalizado
Além dos direitos previstos na Convenção Coletiva, vale lembrar também os diversos benefícios oferecidos pelo SAAEMG
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Contribuição assistencial e mensalidade sindical
Atenção, estabelecimentos particulares de ensino para o informe do sindicato
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:

    Notícias

    06/12/2019
    Veto de Bolsonaro é derrubado e hospital terá de notificar violência doméstica
    por Estadão Conteúdo

    O Congresso Nacional derrubou no último dia 27 uma série de vetos da gestão Jair Bolsonaro a questões que envolvem violência doméstica.

    Passa a ser lei, por exemplo, o projeto que obriga os serviços de saúde públicos e privados a notificar a delegacia policial mais próxima os casos com indícios de violência contra a mulher.

    De autoria da deputada Renata Abreu (Pode-SP), essa proposta destaca que a informação deve ocorrer em, no máximo, 24 horas. A justificativa do governo era de que "a notificação ocorreria sem o consentimento da vítima" e poderia provocar futuras retaliações do agressor.

    Ainda sobre o mesmo tema, passa a vigorar a lei que garante às vítimas de violência doméstica e familiar assistência judiciária para pedido de divórcio.

    Medicamentos

    Também se torna lei um projeto que reserva pelo menos 30% dos recursos do Programa de Fomento à Pesquisa da Saúde para o desenvolvimento de medicamentos, vacinas e terapias para doenças raras ou negligenciadas pela indústria farmacêutica.

    Leia também:

    Violência contra a mulher é tema de seminário em Varginha

    Mulheres em luta contra a violência

    CNBB pede para católicos votarem em candidatos favoráveis à democracia e contra a violência

    Câmara dos deputados terá apenas 14% de mulheres a partir de 2019

    A Rede Globo e a cultura do ódio e da mentira

    Juventude de todo o mundo, uni-vos!

    Começa a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher

     

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200