ATENDIMENTO NUTRICIONAL ON-LINE NO SAAEMG
ATENDIMENTO NUTRICIONAL ON-LINE NO SAAEMG
PRORROGAÇÃO DE PRAZO PARA PEDIDO DE BOLSAS DE ESTUDOS ATÉ 25/06/2020
PRORROGAÇÃO DE PRAZO PARA PEDIDO DE BOLSAS DE ESTU
COMUNICADO 11/06/2020 – RESULTADO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA VIRTUAL - APROVAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2020/2021
COMUNICADO 11/06/2020 – RESULTADO ASSEMBLEIA GERAL
PROPOSTA DE CCT 2020/2021 A SER VOTADA NA AGE VIRTUAL
PROPOSTA DE CCT 2020/2021 A SER VOTADA NA AGE VIRT
EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA VIRTUAL
EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDIN
NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
NEGOCIAÇÕES CONVENÇÃO COLETIVA DE TRAB. 2020/2022
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO AOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
COMUNICADO FUNCIONAMENTO SAAEMG
Conheça as decisões da liminar
Conheça as decisões da liminar
Convênio médico com atendimento gratuito
Convênio médico com atendimento gratuito
Associados do SAAEMG e seus dependentes contam com atendimento médico gratuito na rede de clínicas Dr.Agora
Bolsas de Estudos - 2020
Bolsas de Estudos - 2020
Pedidos deverão ser feitos no sindicato a partir de abril
Plano de saúde Unimed para a categoria
Plano de saúde Unimed para a categoria
Fale com um consultor agora
Homologação das Rescisões Contratuais
Homologação das Rescisões Contratuais
O SAAEMG orienta as empresas, contabilidades e trabalhadores que as rescisões contratuais devem ser homologadas no sindicato.
Aos funcionários das escolas de idiomas
Aos funcionários das escolas de idiomas
Leia abaixo o documento
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
Atenção Auxiliares de Administração Escolar
O SAAEMG orienta os trabalhadores nos seguintes pontos:

    Notícias

    01/11/2019
    5 de novembro contra o AI-5: Ato é convocado em todo o país
    por Marina Barbosa - Congresso em Foco

    As desculpas de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) não reduziram às críticas à declaração em que o deputado federal sugeriu a volta do Ato Institucional número 5 (AI-5) caso a esquerda radicalizasse no Brasil. Movimentos sociais e membros de oposição já convocam até uma manifestação contra o possível retorno da ditadura. O ato está sendo marcado para a próxima terça-feira (5) em vários locais do Brasil e está entre os assuntos mais comentados do Twitter na tarde desta sexta-feira (1º).

    A manifestação está sendo chamada de 5 de novembro contra o AI-5. Por isso, ganhou a hashtag #5NcontraAI5 no Twitter. Segundo posts que circulam nas redes com o logo da União Nacional dos Estudante (UNE), da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), já há atos confirmados em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Natal, Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza e Belém.

    "Defender um dos períodos mais sombrios e uma das práticas mais sanguinárias da História brasileira não é só um desrespeito à memória do Brasil, mas um crime. O povo vai às ruas contra essa atitude. #5NContraAI5", explicou a Fundação Perseu Abramo.

    "É preciso unir todas as forças sociais que defendem a democracia para derrotar a família de aprendizes de tiranos que governa o país. Com a democracia não se brinca!", afirmou a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) no Twitter.

    Movimentos como a Frente Brasil Popular, o Levante da Juventude e o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto também estão chamando os seus seguidores para a manifestação da próxima terça-feira (5). "Devemos ir às ruas em defesa da democracia, dos nossos direitos. Ditadura nunca mais!", disse a Frente Brasil Popular.

    A manifestação ainda ganhou o apoio de parlamentares da oposição, que também reagiram à declaração de Eduardo Bolsonaro sobre o AI-5 pedindo a cassação do mandato do deputado. "A mobilização do povo contra os ataques à democracia é fundamental! O clã Bolsonaro não irá nos intimidar. O nosso país vive sob uma democracia e não é uma família corrompida que ameaçará a nossa liberdade! Dia 5 é nas ruas contra o autoritarismo! #5NcontraAI5", disse, por exemplo, o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). "Lembrar para que nunca mais aconteça! Dia 5 vamos voltar às ruas para dar um basta no governo Bolsonaro", reforçou a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA).

    Leia também:

    Declarações de Bolsonaro em favor da tortura reavivam a memória da luta de Dom Hélder

    31 de Março de 1964 - Uma história encharcada de sangue

    Clique aqui e assita o documentário "Memórias da Ditadura Militar no Brasil"

    Golpe Militar deixou legado perverso no país e na educação

    Joaquinzão: de apoiador do regime militar a defensor da democracia

    Estado brasileiro é condenado por não investigar morte de Vladimir Herzog na Ditadura Militar

    Programa Extra-Classe debate intervenção militar

    A Rede Globo e a cultura do ódio e da mentira

    Rua Hermilio Alves, 335
    Santa Tereza - Belo Horizonte - MG
    CEP 31.010-070
    (31) 3057-8200